Orientações

Existe mais de um tipo de câncer da pele?

Existem três tipos:

  • O Carcinoma baso-celular, que é a mais freqüente neoplasia cutânea, aparecendo em cerca de 65% dos casos. Ocorre em pessoas acima de 40 anos de idade, sendo fatores predisponentes o sol, a pele clara e a genética. Acomete preferencialmente os dois terços superiores da face, sendo menos comum no tronco e extremidades;
  • O Carcinoma espino-celular, que ocorre após os 50 anos de idade, em pessoas de pele clara, que tiveram uma maior exposição ao sol. Sua freqüência é de 15% e são mais comuns nos lábios, orelha, face, dorso das mãos, mucosa bucal e genitália externa. É frequente o seu desenvolvimento a partir de lesões pré-cancerosas;
  • O Melanoma, que é o mais maligno de todos os tumores cutâneos. Sua incidência vem aumentando cerca de 4 a 8% ao ano. Aproximadamente 10% dos pacientes com melanoma maligno tem algum parente com esta doença. O melanoma pode ocorrer em qualquer parte da pele. Quando não há relação a nenhuma pinta anterior, o primeiro sinal é o aparecimento de um ponto preto que cresce de tamanho. Se já existe algum sinal, é importante a observação da regra do ABCDE: A de assimetria, B de borda irregular, C de cor acentuada, D diâmetro aumentado, E de elevação. Nos últimos anos tem-se acrescido ao exame clínico a dermatoscopia, que pela observação de determinados padrões de pigmentação e morfologia, aumenta a acuidade diagnóstica da lesão. Havendo suspeita, deverá ser realizada uma biópsia e, logicamente, o prognóstico estará relacionado com o tempo da doença, isto é, quanto mais cedo o diagnóstico, melhor prognóstico.

Listar todas as orientações

agende

a sua consulta

Escolha o melhor dia e turno na semana.

Agendar consulta

tratamentos

e especialidades

Saiba quais são os tratamentos e especialidades oferecidos pela Dra. Sarita Martins.

Conheça

contato

Envie sua dúvida, crítica, sugestão ou elogio.
Informamos que não aceitamos convênios / planos de saúde.